Domingo, 17 de Outubro de 2021

Festival musical de inverno em Vila Real

O Teatro de Vila Real vai ser o palco, entre os dias 28 e 29, para o Boreal, um festival de inverno que quebra a sazonalidade e propõe nove concertos de artistas portugueses, anunciou hoje a organização.

-PUB-

Em comunicado, o Teatro refere que a quinta edição do Boreal junta um conjunto de artistas “emergentes ou representativos da nova música portuguesa para dois dias de concertos, repartidos por três palcos”.

O programa inclui nove concertos e duas sessões de DJ. Os artistas vão espalhar-se pelos pequeno e grande auditórios e pelo Café Concerto.

Este festival, segundo a organização, quer combater “a sazonalidade deste género de eventos, tirando partido das infraestruturas e da arquitetura do teatro".

O alinhamento da primeira noite inclui os concertos de Russa, que o teatro diz ser “um novo talento feminino” do 'rap' nacional, e ainda PZ, o nome artístico de Paulo Zé Pimenta, músico do Porto que vai apresentar o álbum "Do Outro Lado".

Atua ainda a banda Cassete Pirata, considerada uma “lufada de ar fresco no ‘indie rock’ português” e cujo concerto em Vila Real está integrado na Tour N2.

Para fechar esta noite, o Boreal convidou o DJ João Semedo para uma sessão no Club de Vila Real.

No sábado à tarde, atuam no Café Concerto a nova artista ‘indie folk’ Marinho e o “já veterano” Homem em Catarse, o projeto de Afonso Dorido, ambos com discos lançados muito recentemente, respetivamente “~” (til) e “sem palavras | cem palavras”.

A noite inicia com Dan’s Revival, uma banda de Mirandela selecionada entre uma dúzia de candidaturas que responderam à convocatória que o festival fez para bandas da região.

O programa da segunda noite inclui Maria Reis, uma das irmãs das Pega Monstro, que vai apresentar o disco lançado no final de 2019 “Chove na Sala, Água nos Olhos”, seguindo-se o quinteto lisboeta Ganso, do catálogo da Cuca Monga, e, para fechar este ciclo de concertos, atua a “enérgica e irónica” banda do Porto GoBabyGo.

O Café Concerto recebe ainda o DJ Nuno Calado, responsável pelo programa “Indiegente”, da Antena 3.

O festival tem bilhetes a cinco euros (um dia) e sete euros (dois dias), enquanto as atuações no Café Concerto são de entrada gratuita.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.