Terça-feira, 29 de Novembro de 2022

GNR regressa a posto renovado após investimento de 600 mil

Autarquia dá ainda por concluídas obras do Centro Hípico de Grijó e da ciclovia, um investimento global superior a 1,4 milhões de euros

-PUB-

Os militares da GNR estão de regresso ao renovado quartel na cidade, depois de um investimento na ordem dos 600 mil euros e de dois anos de trabalhos de recuperação e reabilitação do espaço.

“É um momento muito importante, porque os nossos militares, zelosos do cumprimento do seu dever e no garantir da segurança de todos os macedenses, têm finalmente condições dignas para trabalhar”, revela o presidente da Câmara Municipal, recordando que este projeto resulta de um esforço conjunto entre o Ministério da Administração Interna, financiadora das obras, e a autarquia, responsável pelo lançamento e gestão da obra. “É um claro exemplo de como o Estado Central e autarquias podem e devem colaborar no sentido de melhorar as condições de vida e de trabalho de quem se encontra no Interior”, explica o autarca.

A inauguração oficial do quartel remodelado ainda não tem data, mas poderá coincidir com a de outras duas importantes obras. “Temos concluído há alguns meses o Centro Hípico de Grijó, um investimento global na ordem dos 500 mil euros e que nos vai permitir valorizar outras valências deste espaço, quem sabe até receber concursos hípicos nacionais e internacionais”, sustenta o presidente da Câmara.

Benjamim Rodrigues refere que “o projeto contemplou duas fases, uma de recuperação do espaço existente, e outro de construção de um edifício de apoio”. A primeira obra, orçada em cerca de 340 mil euros, consistiu na melhoria e modernização das infraestruturas e construção de um edifício Box com picadeiro coberto, com 16 boxes para os cavalos, sala de arreios, zona para ração, outra para depósito de serradura, dois espaços para lavagem dos cavalos, local de armazenagem de fardos, nitreira, zona bancada e picadeiro coberto.

Pronto a inaugurar está também a fase 2 do Projeto Bicity, um investimento de 150 mil euros e que permitiu criar condições para a circulação pedonal e ciclável de forma segura e confortável na envolvente ao Mercado Municipal, em articulação com os diferentes equipamentos e espaços urbanos do centro da cidade.

Esta ciclovia de cariz urbano irá ligar à Fase 1 do Projeto Bicity, que consiste numa ecovia que irá articular com as antigas estações da Linha do Tua de Macedo de Cavaleiros e Azibo. “Este é um projeto assente nos valores da mobilidade, da sustentabilidade territorial e ambiental, mas também na valorização de estilos de vida saudáveis e da prática de exercício físico”, conclui o autarca.

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.