Quarta-feira, 7 de Dezembro de 2022
No menu items!
0,00 EUR

Nenhum produto no carrinho.

Hélder Silva sagrou-se bicampeão nacional em Boticas

A encosta do Miradouro de Seirrãos foi palco no fim de semana, da 7ª edição da Rampa de Boticas, última prova pontuável para o Campeonato de Portugal de Montanha (CPM) JC Group 2022.

PUB

O grande vencedor foi Hélder Silva (Osella PA2000 EVO2-PA.30), que alcançou a proeza de concluir, numa das subidas oficiais, o traçado de Boticas em 2:16.697, deixando para trás no pódio absoluto e na divisão de Protótipos o piloto espanhol Cesar Rodriguez (Osella PA21 Jrb) e o líder do JC Group Racing Team, José Correia (Norma FC20), respetivamente.

Na categoria Turismos, Luís Nunes (Skoda Fabia R5), piloto natural de Valpaços, triunfou na geral de Turismos e divisão Turismos 1, sagrando-se assim tetracampeão nacional.

Já o transmontano Joaquim Teixeira (Seat CUPRA TCR (SEQ)), que tem envergado o símbolo do Município de Boticas em várias competições, foi o grande vencedor da divisão Turismos 2.

Foi com uma participação exemplar que o piloto flaviense Carlos Delgado (Ford Escort MK I), estreante na Rampa de Boticas, triunfou no Campeonato Portugal Montanha 1300, divisão de Clássicos.

Seguindo os bons resultados dos pilotos da região, o pódio da Rampa Regional de Boticas foi totalmente constituído por botiquenses.

Com seis participantes em prova, Luís Pires (Renault Megane X2) foi o grande vencedor da competição regional ao conquistar o primeiro lugar, com um tempo de 3:02.200.

Seguiram-se os repetentes nestas andanças, Bruno Ponteira (Vauxhall Corsa VXR Turbo) e Sabino Pires (Renault Clio RS-F1), que festejou o 3º lugar do pódio juntamente com o triunfo do irmão Luís Pires.

Concluída com sucesso mais uma edição da prova, o Presidente da Câmara de Boticas, Fernando Queiroga, mostrou-se satisfeito e não poupou nas palavras para “classificar a prova de Boticas como uma das melhores da competição, tanto em termos de traçado como de segurança”.

O autarca acrescentou ainda que “é nosso objetivo voltar aos palcos europeus e repetir a proeza de a nossa terra acolher novamente uma prova internacional, catapultando assim este percurso e, obviamente, o nome de Boticas e da região do Alto Tâmega além-fronteiras”.

A prova, organizada pelo Demoporto – Clube de Desporto Motorizados de Porto, com o apoio da Câmara Municipal de Boticas, contou com a participação de mais de meia centena de pilotos, que desfrutaram de dois dias repletos de muita adrenalina, naquela que foi a derradeira corrida da época 2022 do Campeonato Nacional de Montanha.

Classificações em https://rampa-boticas.webnode.pt/

PUB

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.