Sexta-feira, 3 de Dezembro de 2021

Incêndio deixa posto da GNR destruído

Autarca reuniu ontem com ministro da administração interna para encontrar
uma solução

 

-PUB-

O posto da GNR de Mesão Frio ficou praticamente destruído após um incêndio que aconteceu na madrugada de sexta-feira na zona das camaratas.

O comandante dos bombeiros de Mesão Frio, Paulo Silva, referiu que quando chegaram ao local, se depararam com “uma situação muito complicada” devido ao rebentamento de munições, por isso optaram por verificar primeiro se estavam reunidas as condições de segurança para avançarem para o combate. 

Paulo Silva disse que a parte superior do edifício “ardeu toda, acabando por deixar o posto da GNR sem condições para ser utilizado”.

Fonte da GNR adiantou que o local onde está o armamento e as munições não foi afetado, mas os rebentamentos poderão ter acontecido devido a uma arma

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.