Sexta-feira, 20 de Maio de 2022

Intercâmbio juvenil vai debater a literacia dos media

De 26 de abril a 5 de maio, 36 jovens de seis países irão participar no projeto europeu ‘Update me!’, que irá decorrer em Chaves. O intercâmbio, coordenado pela Associação Inspira!, tem como grande objetivo alertar para a importância da luta contra o populismo, as ‘fake news’ e a desinformação

São 36 os jovens entre os 18 e os 30 anos de idade que irão rumar a Chaves para participar no projeto ‘Uptade me!’, um intercâmbio juvenil coordenado pela Associação Inspira! que se propõe debater a literacia dos media.

Vindos da Polónia, Hungria, Arménia, Ucrânia e Grécia, são voluntários em Organizações Não-Governamentais e trazem consigo a experiência em desenvolver projetos e iniciativas de educação cívica nas suas comunidades, bem como de lutas constantes pela sensibilização das populações locais.

O intercâmbio europeu, que irá decorrer, em simultâneo, em seis países diferentes, contempla a realização de workshops, formações, debates, simulações, intervenções de rua e ‘peddy-papers’ pela cidade de Chaves, envolvendo a comunidade jovem local.

Ao mesmo tempo, segundo a Associação juvenil, “os nossos jovens vão identificar as principais ferramentas de manipulação de informação e criar técnicas criativas para se protegerem delas”, além de “formas inteligentes de as ensinar e de sensibilizar os restantes jovens para esses mesmos perigos”. Depois de tudo isto, farão “apresentações didáticas aos jovens da Escola Secundária Dr. Júlio Martins”.

O projeto conta com o patrocínio da Agência Nacional Erasmus+ Juventude em Ação e com a colaboração internacional de diferentes Organizações Não-Governamentais e sem fins lucrativos dos países envolvidos.


Para mais informações: inspirajuventude@gmail.com  

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.