Terça-feira, 11 de Maio de 2021

Julgamento de Melchior Moreira marcado para 18 de maio

O ex-presidente da Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP) Melchior Moreira, que está em prisão preventiva, começa a ser julgado em 18 de maio no âmbito da Operação Éter, disse hoje à agência Lusa fonte judicial.

Contactado pela Lusa, o advogado Amílcar Fernandes confirmou a data marcada para início do julgamento do seu constituinte no Tribunal de São João Novo, no Porto, salvaguardando que o mesmo está pendente da decisão do Tribunal da Relação quanto ao recurso que apresentou contra a decisão do Tribunal de Instrução Criminal (TIC), de separar Melchior Moreira do processo principal para o julgar autonomamente.

O antigo presidente da TPNP, acusado de 38 crimes, vai ser julgado à parte, depois de o TIC do Porto ordenar, em janeiro deste ano, a sua separação do processo principal, para evitar que fosse posto em liberdade por excesso de prisão preventiva.

Melchior Moreira, principal arguido da Operação Éter, centrada na alegada viciação

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.