Quinta-feira, 7 de Julho de 2022

Júlia Rodrigues fica com o pelouro das freguesias

A nova presidente da Câmara compromete-se a criar um gabinete de apoio  às juntas de freguesia e a tornar o Cachão um polo agroindustrial.

Os mirandelenses presenciaram, no sábado, no auditório municipal da cidade, a cerimónia da tomada de posse dos novos órgãos autárquicos para o quadriénio de 2017 a 2021. Numa sessão que iniciou por volta das 15h00, com o auditório completamente lotado e os lugares a serem poucos para as centenas de pessoas que lá se reuniram, a mais entusiástica ovação sucedeu no momento da tomada de possa da recente presidente eleita, pelo PS, Júlia Rodrigues. 

Relativamente à assunção da presidência da Assembleia Municipal, por uma questão constitucional, este órgão deliberativo e fiscalizador teve que aguardar pelo resultado eleitoral, resultante da decisão de 61 deputados municipais, pois o vencedor do PS, Luís Guimarães, não conseguiu a maioria

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.