Sexta-feira, 3 de Dezembro de 2021
@DR

Lavradores de Feitoria de “mãos dadas” no online com a Vinicom e o Adegga

“A união faz a força”: um lema que está no ADN da Lavradores de Feitoria.

-PUB-

Desde a sua criação, que o produtor de vinhos do Douro tem primado por um trabalho de estreita relação com os seus parceiros e, nesta necessidade de fazer chegar os vinhos a casa dos seus clientes (finais), no âmbito do isolamento social causado pela pandemia de Covid-19, vai continuar a fazê-lo. Desta vez com a venda dos seus vinhos nas plataformas digitais da Vinicom e do Adegga. A primeira porque é o seu distribuidor a nível nacional; a segunda porque é uma empresa com a qual a Lavradores de Feitoria colabora há longos anos, estando presente nos eventos vínicos que organizam e que agora estão impedidos de fazer.   

Os vinhos da Lavradores de Feitoria podem agora ser comprados online e entregues em sua casa, através da loja da Vinicom (https://vinicom.pt/loja-online/) e no Adegga MarketPlace (https://adegga.com/shop/), onde a Lavradores de Feitoria surge logo na abertura. Em ambos os casos, os portes são grátis em compras superiores a 50 euros. 

De entre o portefólio de vinhos da Lavradores de Feitoria, vão estar em venda online a trilogia ‘Lavradores de Feitoria’, com branco, rosé e tinto; dupla ‘Três Bagos Reserva’ (branco e tinto); o afamado e tão disputado ‘Três Bagos Sauvignon Blanc’; o típico tinto do Douro engarrafado sob a forma de ‘Quinta da Costa das Aguaneiras’; e os elegantes e diferenciadores ‘Meruge’, branco e tinto. Mas também o vinho que a Lavradores de Feitoria, prestes a celebrar 20 anos, lançou quando atingiu a maioridade, ou seja, o ‘Lavradores de Feitoria 18.º Aniversário’, um 100% Tinto Cão apenas disponível em garrafas mangum.

A loja da Vinicom tem ainda duas outras referências. São elas o topo de gama da Lavradores, o ‘Três Bagos Grande Escolha tinto 2015’ – que no final do ano foi eleito o melhor tinto do Douro pela revista da especialidade Grandes Escolhas’ – e o especial ‘Três Bagos Grande Escolha Estágio Prolongado tinto 2005’, com mais dez anos de estágio, feito em plenas condições na adega do produtor, e que a Lavradores relança quando a excelência é exaltada.

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.