Quarta-feira, 6 de Julho de 2022

Mais de meio milhar de pessoas envolvidas no exercício “A Terra Treme”

Sexta-feira, 10h13. O alarme tocou e os alunos do agrupamento de escolas de Vila Pouca de Aguiar ficaram em pânico com o sismo que foi sentido naquela localidade transmontana.

No entanto, já avisados para como devem proceder nestas situações, os estudantes, de imediato, ficaram abrigados debaixo das secretárias da sala de aula, no entanto um dos alunos ficou preso debaixo de um armário que caiu. 

Apesar da confusão, os alunos saíram ordenadamente das salas de aula e juntaram-se no campo de atividades desportivas, acompanhados pelos professores e funcionários da escola. 

Com a indicação de um ferido, rapidamente duas equipas dos bombeiros voluntários de Vila Pouca de Aguiar se deslocaram ao local, para socorrer a vítima, presa num armário da sala de aula. Depois de devidamente estabilizado, o jovem foi transportado para a unidade de saúde mais próxima.  

Como era tudo a fingir, poucos minutos depois, Diogo

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.