Sexta-feira, 19 de Agosto de 2022

Manuela Tender deixa de ser militante do PSD

Ex-deputada da Assembleia da República anunciou desfiliação no Partido Social Democrata “por ter perdido confiança na liderança do PSD no concelho de Chaves e no distrito de Vila Real”. 

-PUB-

Quinze anos depois de “militância entusiástica, ativa e convicta”, Manuela Tender anunciou a sua desfiliação partidária ao PSD. Em declarações à VTM, a ex-deputada referiu que já “há algum tempo ponderava a decisão” que referiu ter sido “difícil”, uma vez que foi dentro do seio social democrata que cresceu. 

“Esta decisão foi motivada por duas grandes razões. Primeiro, pela completa falta de dedicação, capacidade de trabalho, organização e estratégia, e depois por ver que o PSD está cada vez mais virado para si próprio, na defesa dos interesses próprios e pessoais dos seus dirigentes e não é esse o paradigma que eu defendo. Para mim, a política implica dedicação à comunidade. Se não for assim não

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.