Terça-feira, 11 de Maio de 2021

Mesão Frio disponibiliza carro da presidência para doentes oncológicos

O município de Mesão Frio disponibiliza, a partir de hoje, o carro da presidência para deslocações de doentes oncológicos e ainda cabazes de bens alimentares para as famílias com rendimentos reduzidos devido à crise provocada pela Covid-19.

“Temos alguns doentes que estão em dificuldades e sabemos que as credenciais emitidas pelo hospital não têm vindo a tempo para se deslocarem na ambulância e, por isso, a partir de hoje a câmara disponibiliza o carro da presidência para esses doentes”, afirmou à agência Lusa o presidente Alberto Pereira.

Para além da falta de documentação, nesta altura em que as unidades hospitalares estão também focadas no tratamento à pandemia Covid-19, o autarca elencou ainda “dificuldades económicas” que possam inviabilizar o pagamento de transportes.

“Eu não quero que ninguém fique para trás neste momento e se for preciso eu andarei a pé, não há problema nenhum”, frisou.

Alberto Pereira referiu que a câmara tem poucas viaturas e que o carro da presidência é o único veículo ligeiro disponível. O pedido do automóvel tem de ser feito através do Gabinete de Ação Social (GAS).

O presidente adiantou ainda que foram disponibilizadas três carrinhas de nove lugares para apoiar as deslocações de médicos e enfermeiros do Centro de Saúde de Mesão Frio nesta fase de combate ao novo coronavírus.

O autarca salientou também que foi decidido conceder cabazes de bens alimentares para as famílias do concelho com rendimentos reduzidos por causa da crise provocada pela pandemia.

A partir de quinta-feira, começa a ser feita a desinfeção das ruas da vila de Mesão Frio, tal como será feita, diariamente, a desinfeção das viaturas e gabinetes da autarquia.

O município do distrito de Vila Real já tinha decidido suspender o atendimento presencial nos serviços da câmara e encerrar todos os equipamentos públicos.

Alberto Pereira é também provedor da Santa Casa da Misericórdia de Mesão Frio e disse que a pandemia de Covid-19 está a causar grandes preocupações neste concelho envelhecido. “Isto é dramático”, lamentou.

A Assembleia da República aprovou hoje o decreto de declaração do estado de emergência que lhe foi submetido pelo Presidente da República com o objetivo de combater a pandemia de Covid-19, após a proposta ter recebido pareceres favoráveis do Conselho de Estado e do Governo.

Portugal está em estado de alerta desde sexta-feira, e o Governo colocou os meios de proteção civil e as forças e serviços de segurança em prontidão.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) elevou hoje o número de casos confirmados de infeção para 642, mais 194 do que na terça-feira. O número de mortos no país subiu para dois.

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.