Sexta-feira, 3 de Dezembro de 2021

Montra da Cereja da Penajóia decorre no fim de semana

A Montra da Cereja da Penajóia volta este ano com a realização da sua nona edição durante o último fim de semana de maio (dias 25 e 26).

-PUB-

Organizado pela AMIJÓIA – Associação dos Amigos e Produtores da Cereja da Penajóia, o certame terá um forte apoio institucional da Câmara Municipal de Lamego e da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo Beira Douro.

Durante dois dias, cerca de 25 produtores de cereja vão estar na "sala de visitas" da cidade de Lamego – a Av. Dr. Alfredo de Sousa –, para vender este fruto ao mesmo preço, numa caixa personalizada.

Integrado no programa de animação da Montra da Cereja, Lamego vai ser palco, na tarde de domingo, do maior encontro de bombos da sua história. Organizado pela AMIJÓIA e pelo Grupo Desportivo e Cultural de Samodães, nove grupos de bombos vindos do Norte do país vão dar corpo à primeira edição do evento “Lamego a Bombar” e animar as principais ruas e avenidas.

O desfile tem início marcado para as 15h30, junto ao Jardim da República, desfilando, para além do grupo de bombos anfitrião, o Grupo de Bombos Bate Latas da Associação Desportiva e Cultural Alvações do Tenha, o Grupo de Bombos de Fontelo-Armamar, o Grupo de Bombos Botabaixo-Vilarinho de Freires, o Grupo de Bombos de Tarouca, a Associação Cultural e Recreativa Reviver as Tradições de Atei, o Grupo de Bombos de Alfândega da Fé “Us Bat n'Pelle”, os Bombos de Pendilhe – Vila Nova de Paiva e os bombos da Associação Cultural e Desportiva de Vila Marim – Mesão Frio.

A concentração final decorrerá no centro da Av. Dr. Alfredo de Sousa.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.