Segunda-feira, 4 de Julho de 2022

Museu do Douro assinalou 20 anos com homenagens

No sábado, o Museu do Douro (MD) comemorou os seus 20 anos com homenagens às pessoas que contribuíram para a concretização do arrojado projeto na região. 

Através de uma lei aprovada por unanimidade na Assembleia da República, em 1997, foi constituído o MD, sendo que apenas em 2008 o edifício sede, localizado em Peso da Régua, abriu as portas ao público. 

Segundo o presidente da fundação da instituição, Fernando Pinto, as homenagens foram direcionadas para todos aqueles que desempenharam um “papel importante” na concretização do projeto, como os antigos ministros da cultura, Augusto Santos Silva (concretizou a Estrutura de Missão), Pedro Roseta (responsável por desbloquear o dinheiro para a aquisição da casa da companhia, onde está instalada a sede), e Isabel Pires de Lima, responsável pela candidatura para a criação da fundação. “Estes foram os marcos mais importantes da história do Museu

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.