Terça-feira, 13 de Abril de 2021

Paralisação encerrou escolas e afetou hospitais

Escolas fechadas, hospitais a meio gás e vários serviços encerrados foi o resultado da paralisação dos funcionários públicos, que se mostram contra a proposta apresentada pelo governo que prevê um aumento salarial de 0,3%.

Em Vila Real, os alunos da maioria das escolas tiveram de regressar mais cedo a casa, como é o caso dos estudantes do liceu Camilo Castelo Branco, da escola São Pedro, da escola Monsenhor Jerónimo de Amaral e dos Agrupamentos Diogo Cão e Morgado Mateus.

Ainda que para eles seja mais um dia de férias, para os pais são situações complicadas de gerir. À VTM, Rui Pedrosa contou que a esposa “teve de faltar ao trabalho para ficar em casa” com os filhos, alunos da Diogo Cão e da São Pedro. “Se não fosse ela, era eu, porque não tínhamos outra solução”.

A situação verificou-se um pouco por todo o distrito, com as escolas de Peso da

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.