Segunda-feira, 4 de Julho de 2022

Processo de geminação em Viandem, marcada pela visita da sua Burgomestre

Uma comitiva luxemburguesa da vila de Viandem, liderada pela sua Burgomestre, Frantzen-Heger-Gaby, vai visitar o concelho de Ribeira de Pena, entre 14 e 16 de Agosto. Esta deslocação vem na sequência do processo de geminação em curso entre ambas as localidades e da recente visita a Viandem, do Presidente da Câmara de Ribeira de Pena, […]

Uma comitiva luxemburguesa da vila de Viandem, liderada pela sua Burgomestre, Frantzen-Heger-Gaby, vai visitar o concelho de Ribeira de Pena, entre 14 e 16 de Agosto.

Esta deslocação vem na sequência do processo de geminação em curso entre ambas as localidades e da recente visita a Viandem, do Presidente da Câmara de Ribeira de Pena, Agostinho Pinto.

A comitiva luxemburguesa terá a oportunidade de visitar o concelho, percorrendo o roteiro camiliano e visitando os parques naturais e zonas de lazer.

Na rota deste passeio, está o Pena Aventura Park e a divulgação, junto dos autarcas do Grão-Ducado, dos sabores e saberes da gastronomia local, nomeadamente os milhos, as couves com feijões e os nacos de vitela maronesa, pratos que terão a possibilidade de degustar. Há expectativas que as sinergias desta geminação possam desenvolver laços económicos que permitam a captação de investimentos e o intercâmbio comercial de produtos certificados de Ribeira de Pena.

No Luxemburgo, residem centenas de emigrantes de Ribeira de Pena que aí desenvolvem a sua actividade profissional, sendo Viandem uma vila de acolhimento de uma grande parte dos nossos conterrâneos.

Com esta visita, ambos os Municípios pretendem dar passos importantes para a conclusão do processo de geminação entre ambas as vilas, cuja cerimónia evocativa está prevista para o primeiro semestre de 2008.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.