Terça-feira, 23 de Julho de 2024
No menu items!




Produtor aposta em vinho feito em lagar rupestre

Este é o terceiro ano que a Quinta do Salvante produz vinho certificado num tradicional lagar rupestre, em Santa Valha. O primeiro vai ser lançado no mercado este ano

-PUB-

Fazer vinho usando o legado dos lagares rupestres é uma das apostas de Nuno Neves, da Quinta do Salvante, desde 2021.

Na aldeia de Santa Valha existem cerca de 30 destes lagares escavados na rocha, junto das vinhas. A tradição terá sido deixada pelos romanos, que já usavam este método, no entanto, o lagar rupestre usado pela família Neves deve datar o século XVII.

Depois de colhidas uvas suficientes para dois barris, são transportadas até ao lagar rupestre, seguindo-se a pisa a pés, como acontece desde tempos ancestrais.

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

[adrotate group="24"]

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS

[adrotate group="2"]

Mais lidas

[adrotate group="3"]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

[adrotate group="5"]