Segunda-feira, 15 de Agosto de 2022

Projeto contra a violência vai continuar

Uma marcha silenciosa marcou o fim da iniciativa que utilizou o teatro como ferramenta para alertar centenas de jovens. Desde janeiro a APAV de Vila Real já registou 250 novos casos.

-PUB-

“Hoje é o culminar deste projeto que realmente surpreendeu-nos. Vamos fazer tudo para que continue e possa crescer, ganhe escala. Queremos chegar mais longe, a mais pesssoas”, garantiu Eugénia Almeida, vereadora da Câmara Municipal de Vila Real, no final de uma marcha lenta que, realizada no dia 5, marcou o fim do projeto “Violência? Não Obrigado”.

“Não basta só dar soluções e apoio a quem é vítima, temos cada vez mais que trabalhar ao nível da prevenção e da sensibilização sobre a problemática da violência contra crianças, jovens, adultos ou idosos”, defendeu Elisa Brites, gestora do gabinete de Vila Real da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV), uma das entidade parceiras do projeto que foi

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.