Quarta-feira, 5 de Outubro de 2022

Proteção Civil de Bragança defende controlo sanitário na fronteira com Espanha

O presidente da Comissão Distrital de Proteção Civil de Bragança, Francisco Guimarães, defendeu hoje o controlo sanitário na fronteira com Espanha para deteção de possíveis casos de covid-19 que sejam "importados" de outros países europeus.

-PUB-

"Não queremos que as fronteiras sejam fechadas, mas antes que haja um controlo sanitário para quem entra e sai em Portugal, para a deteção de possíveis infeções provocadas pelo novo coronavírus. Esta, de resto é uma pretensão dos 12 concelhos do distrito de Bragança que integram a comissão", indicou aquele responsável.

Segundo o responsável, os números apresentados pelas entidades espanholas começam a ser uma preocupação do lado português e a Comissão Distrital de Proteção Civil de Bragança deixou a garantia de que está atenta.

"A Espanha está com uma média de infetados muito alta, o que está a preocupar toda a nossa região e o país e poderemos sofrer com esse aumento de casos", observou Francisco Guimarães.

Neste

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.