Terça-feira, 6 de Dezembro de 2022
No menu items!
0,00 EUR

Nenhum produto no carrinho.

PSP despede-se de 2006 com campanha de sensibilização

À semelhança do que aconteceu, durante a quadra natalícia, também a noite de Ano Novo serviu para renovar a preocupação com a segurança rodoviária, através da realização de uma campanha de sensibilização que abordou perto de 1000 condutores, em Vila Real e Chaves.     Perto de uma dezena de agentes da Polícia de Segurança […]

PUB

À semelhança do que aconteceu, durante a quadra natalícia, também a noite de Ano Novo serviu para renovar a preocupação com a segurança rodoviária, através da realização de uma campanha de sensibilização que abordou perto de 1000 condutores, em Vila Real e Chaves.

 

 

Perto de uma dezena de agentes da Polícia de Segurança Pública (PSP) de Vila Real levaram a cabo uma campanha de sensibilização que, no dia 31, entre as 21.30 e as 23 horas, levou os condutores que passavam pelas cidades de Vila Real e Chaves a reflectir sobre as questões da segurança rodoviária.

“Nesta iniciativa, privilegiou-se a componente educativa, para o exercício de uma cidadania mais responsável”, sublinhou António Martinho, Governador Civil de Vila Real, realçando o quanto é importante que todos os que conduzem tomem cada vez mais consciência de que não circulam sozinhos na estrada e que os acidentes que se verificam não são unicamente causados por condições adversas da via, quer tenham a ver com o seu traçado ou situação do piso, ou de carácter climatérico”.

Aquela que parecia ser uma “Operação Stop” habitual teve outros fins, com os agentes envolvidos a presentear os condutores com um porta-chaves, onde se pode ler uma mensagem relativa a prevenção rodoviária, deixando aos condutores a mensagem da importância de se organizar, de modo a que quem tiver a responsabilidade de conduzir “não beba”.

“A polícia também tem que se habituar a ser pedagógica, na sua abordagem aos cidadãos”, sublinhou António Martinho, realçando que só na cidade de Vila Real a campanha que decorreu junto à Rotunda do Shopping e na zona do Cabanelas, deverá ter abrangido 500 condutores, um número se repetiu, em Chaves, onde os pontos escolhidos foram “a Rotunda do Raio X e a zona junto do Regimento de Infantaria”.

“A passagem de ano é um momento de festa, na nossa tradição, com uma parte dela passada, em casa, com a família, e, muitas vezes, uma outra parte da noite passada, com amigos, em lugares públicos de diversão. Pois, para que as pessoas abordadas na via pública pela PSP se pudessem consciencializar dos riscos que poderão decorrer para eles e para os outros, com uma condução menos cuidada ou arriscada, é que se levou a efeito esta acção. Foi mais um contributo para o bem-estar de todos e, também, uma forma de mostrar que um dos objectivos da PSP é, também, prevenir” – sublinhou o Governador Civil, recordando que a acção se realizou, também, nos dias 22 e 23 de Dezembro, na altura com a colaboração da Brigada de Trânsito da Guarda Nacional Republicana.

 

Maria Meireles

PUB

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.