Segunda-feira, 2 de Agosto de 2021

Pulseira eletrónica para suspeito de tentativa de homicídio

O tribunal de Alijó decretou hoje a prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, para o sexagenário suspeito de ter atingido a tiro dois homens na aldeia de Vale de Mendiz.

-PUB-

A Polícia Judiciária (PJ), através do Departamento de Investigação Criminal de Vila Real, em colaboração com a GNR, deteve um homem de 65 anos pela presumível autoria de dois crimes de homicídio, na forma tentada.

Segundo a PJ, o “arguido, por motivo fútil, muniu-se de uma arma de fogo e disparou em direção ao corpo das vítimas, dois homens com idades compreendidas entre os 26 e 34 anos, atingindo-as nas zonas do tórax e do abdómen”.

Os factos ocorreram na segunda-feira à noite em Vale de Mendiz, concelho de Alijó, sendo que, depois dos disparos, o homem foi intercetado pela GNR já no concelho de Sabrosa e entregue à PJ.

O suspeito foi esta quarta-feira presente a primeiro interrogatório judicial e o tribunal de Alijó aplicou-lhe a medida de coação de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica.

 

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.