Quinta-feira, 29 de Julho de 2021

RALI DO ALTO TÂMEGA regressa ao Campeonato de Portugal em ano de contingências

Três anos depois de ter saído do museu e regressado ao asfalto, o Rali do Tâmega volta a integrar o Campeonato de Portugal, volvidos 28 anos. Boticas e Chaves recebem a prova entre 28 e 30 de agosto, num ano em que, devido à pandemia,  a estrutura competitiva teve que ser adaptada

-PUB-

São dois dias de prova, seis classificativas e seis competições distintas onde cerca de 80 pilotos vão lutar contra o cronómetro, naquela que é a terceira edição do Rali do Tâmega que, devido à pandemia de Covid-19, teve que ser reajustada. 

“Tínhamos o rali planeado para ter 120 quilómetros no total de provas especiais de qualificação, mas, devido a pandemia, fomos obrigados a encurtar cerca de 20 quilómetros. O roadbook estava todo planeado e tivemos que o refazer”, referiu Nuno Loureiro, do CAMI Motorsport, clube responsável pela organização da prova, no dia da apresentação do evento, no Centro de Artes Nadir Afonso, em Boticas. 

As contingências surgem no ano em que o Rali do Tâmega integra, 28 anos depois, o Campeonato de Portugal de Ralis, recebendo a quarta prova, da maior competição da modalidade a nível nacional. 

“Não nos podemos lamentar, deram-nos esta oportunidade, temos que a agarrar”, sublinhou o organizador acrescentando que a edição 2020 da prova transmontana é a que “mais trabalho deu até hoje”. 

“Não é o rali que ambicionávamos, tem um potencial bem maior do que aquilo que vamos apresentar, mas podemos garantir que demos o nosso melhor porque esta região merece”. 

O lugar no campeonato nacional foi uma conquista por “mérito próprio”, segundo a Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK) que prevê, no final de agosto, no Alto Tâmega, uma “jornada épica da competição”. 

“É uma marca fortíssima para quem anda nos ralis e tem muita história. Deixou uma imagem positiva que se quer recuperar agora, mantendo os troços mais emblemáticos da época de ouro de há 28 anos”, referiu Paulo Magalhães, coordenador desportivo da FPAK. 

Para além do Campeonato de Portugal de Ralis (CPR), o rali é pontuável ainda no Campeonato de Portugal GT de Ralis, Campeonato de Portugal de Clássicos de Ralis, Campeonato Norte de Ralis, e Challenge R2&YOU,

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.