Segunda-feira, 5 de Dezembro de 2022
No menu items!
0,00 EUR

Nenhum produto no carrinho.

Rampa de Boticas consagra Hélder Silva como bicampeão

As emoções do automobilismo regressaram, no fim de semana, ao Miradouro de Seirrãos, para aquela que foi a 7ª edição da Rampa de Boticas.

PUB

A prova, a última pontuável para o Campeonato de Portugal de Montanha (CPM) JC Group 2022, consagrou Hélder Silva como bicampeão, depois de concluir, ao volante do Osella PA2000 EVO2-PA.30, uma das subidas em 2:16.697. O pódio ficou fechado com o espanho Cesar Rodriguez (Ossella PA21 Jrb) e José Correia (Norma FC20).

Na categoria Turismos, o piloto valpacense Luís Nunes, com o seu Skoda Fabia R5, levou a melhor sobre a concorrência e tornou-se tetracampeão nacional. Já em Turismos 2, o vencedor foi Joaquim Teixeira (Seta CUPRA TCR). Destaque, ainda, para a estreia do flaviense Carlos Delgado na Rampa de Boticas, com o Ford Escort MK I, que triunfou no CPM 1300, na divisão de clássicos.

Mas o grande destaque vai para a prata da casa que compôs o pódio da Rampa Regional de Boticas. Luís Pires (Renault Megane X2) foi o grande vencedor da competição regional com 3:02.200, seguindo-se Bruno Ponteira (Vauxhall Corsa VXR Turbo) e Sabino Pires (Renault Clio RS-F1).

“Vamos comentando o estilo de condução de cada piloto e as velocidades de subida”
Dinis Fidalgo
Público

REGRESSO

Ao longo do fim de semana, centenas de pessoas rumaram ao Mirandouro de Seirrãos para assistir à prova. No sábado, a VTM foi medir o pulso à competição, organizada pelo Demoporto – Clube de Desporto Motorizado do Porto. Dinis Fidalgo veio de Carvalhelhos com amigos e familiares. É assim “desde sempre”.

“Vamos comentando o estilo de condução de cada piloto e as velocidades de subida”, afirma, confessando que “adoro carros”. Tanto que “o meu sonho é participar numa prova destas”. Do lado da autarquia, Fernando Queiroga mostrou-se satisfeito e garante que “esta é uma das melhores provas da competição, tanto em termos de traçado como de segurança”.

Segundo o presidente da Câmara de Boticas, “o nosso objetivo é voltar aos palcos europeus e repetir a proeza de a nossa terra acolher uma prova internacional, catapultando, assim, este percurso e o nome de Boticas e da região além-fronteiras”.[/block]

PUB

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.