Quarta-feira, 20 de Outubro de 2021
© DR

Residência Flavicórdia na final do V Torneio de Cozinha ORPEA

A residência sénior flaviense é uma das finalistas da competição que este ano se realiza a 23 de setembro, no claustro principal do Hotel Parador de Alcalá de Henares, em Madrid

-PUB-

O Torneio de Cozinha ORPEA, pioneiro no setor da assistência residencial, pretende reforçar a importância de uma cozinha de excelência nos centros seniores. Para isso, todos os cozinheiros das residências ORPEA participam num concurso em que é premiado o melhor prato, confecionado com os produtos sazonais que costumam utilizar nas suas cozinhas.

A Residência Flavicórdia, em Chaves, está na final, que acontece no dia 23 de setembro, no claustro principal do Hotel Parador de Alcalá de Henares, que representa a restauração da mais alta qualidade espanhola. Diego Guerrero, Chef com 2 estrelas Michelin e consultor gastronómico da ORPEA, faz parte do júri do concurso.

Nesta quinta edição, foram avaliados os conhecimentos gastronómicos dos Chefs de mais de 60 Residências ORPEA em Espanha e Portugal. Na final da competição vão participar os seis Chefs das Residências finalistas: Córdoba Sierra, Residência Meco (Madrid), Residência El Campello (Alicante), Logroño e Torrelodones de Espanha e a portuguesa Flavicórdia.

A residência flaviense chega à final com o prato de atum teriyaki com nabo, figo e tártaro de dióspiro e abacate, mas para a seleção dos finalistas, diversos aspetos foram tidos em consideração. Um deles foram as notas que cada residência recebeu, por um lado, nos inquéritos de satisfação sobre a alimentação em 2020 e, por outro lado, na auditoria externa realizada em 2021 sobre higiene.

Outro aspeto valorizado foi a iniciativa realizada no passado mês de março: “o lanche caseiro no teu centro”, que teve em consideração a originalidade da sugestão, as características nutricionais, o envolvimento das equipas participantes e, sobretudo, a avaliação dos residentes que a provaram.

O Torneio de Cozinha ORPEA premeia a melhor preparação e apresentação, assim como originalidade, sabor e requinte.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.