Terça-feira, 6 de Dezembro de 2022
No menu items!
0,00 EUR

Nenhum produto no carrinho.

SC Vila Real sofre derrota pesada

SC VILA REAL 0 - 6 AMARANTE FC

PUB

O segundo jogo da fase de manutenção do Campeonato de Portugal não podia ter sido mais negro para o bila. Depois de uma vitória frente ao Berço SC na primeira jornada, os Lobos do Marão voltaram a “patinar”, sobretudo, graças a uma defesa passiva que foi abrindo espaço e caminho ao adversário.

Por conseguinte, os visitantes inauguraram o marcador logo aos quatro minutos de jogo com um golo de Miguel Tavares. O avançado de 23 anos viria a bisar na partida, aos 35 minutos, além de ter causado vários problemas e dores de cabeça ao bila.

Pelo meio, aos 25 minutos de jogo, Guima marca o segundo a favor do Amarante FC com um ‘remake’ do primeiro golo de Tavares mas, desta vez, pela esquerda, aproveitando uma falha na defesa da casa. Dois minutos depois, a equipa amarantina volta a criar perigo mas o esférico acerta, em cheio, na barra das redes guardadas por Daniel Júnior.

A etapa complementar foi intensa, dentro e fora do relvado, e começou com uma alteração na equipa do bila. Sai Davi, que já tinha visto um cartão amarelo, o primeiro da partida, e entra Pedro Silva que foi dificultando a vida aos visitantes.

Três minutos jogados e Miguel Tavares volta a criar problemas à defensiva do Vila Real, ainda que sem sucesso. Aos 59 minutos de jogo novo golo do Amarante, marcado por Miguel Pinto, num lance polémico em que os adeptos do bila ficaram a reclamar fora de jogo.

Aos 74 minutos o camisola 13 dos visitantes, Ricky, faz o quinto golo e, quatro minutos depois, Cardoso aproveita a distração da equipa adversária, que ficou a reclamar falta perto da linha lateral, e chegou rapidamente à baliza do bila, fazendo, assim, o sexto e último golo da partida.

PUB

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.