Quinta-feira, 15 de Abril de 2021

Solução para prevenir fogos florestais passa pelo uso da ciência

Num cenário de desertificação e alterações climáticas, os incêndios florestais serão cada vez mais frequentes. Nesse sentido, a ciência e a tecnologia são vistas como soluções para o problema

De passagem por Vila Real, no âmbito do workshop “Ciência com Impacto – A gestão integrada de fogos rurais”, e que assinalou o arranque oficial do Forestwise – Laboratório Colaborativo (CoLab) para Gestão Integrada da Floresta e do Fogo, o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, destacou o papel da ciência na prevenção e combate dos incêndios.

“O papel deste laboratório colaborativo é ajudar a resolver os problemas dos fogos e da floresta, sentando à mesma mesa os atores públicos e privados e articulando projetos concretos”, além de que “vai criar emprego” contratando, de forma faseada, “cerca de 20 pessoas”.

Manuel Heitor disse ainda que o “CoLab foi formado com o objetivo de fornecer

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.