Sábado, 16 de Outubro de 2021

Uso de máscaras implica “muita disciplina”

Graça Freitas pediu hoje “muita disciplina" aos portugueses na hora de usar máscara. O importante é evitar "levar as mãos à cara”.

-PUB-

“Deixo aqui um grande apelo: se e quando usarem uma máscara, as pessoas devem ter muita disciplina para não levar as mãos à cara. A tendência natural de mexer na máscara acaba por lhe tirar a eficácia, porque o vírus passa para as mãos e das mãos para as superfícies”, alertou Graça Freitas na conferência de imprensa diária da Direção-Geral da Saúde (DGS).

A responsável pediu ainda que, no caso das designadas máscaras sociais ou comunitárias, feitas em tecido, sejam usadas as certificadas, prova de que foram fabricadas “de acordo com boas práticas” e que usam material com capacidade de “filtrar partículas”.

“É importante que pessoas usem estas. O objetivo da máscara é não deixar sair partículas do vírus para o exterior”, vincou.

A diretora-geral da saúde pediu ainda disciplina para colocar bem a máscara e ajustá-la à cara, de forma a evitar “a tentação natural de levar a mão à cara” para mexer na máscara. “Temos de aprender como fazer porque não temos tradição de usar”, referiu.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.