Segunda-feira, 4 de Julho de 2022

Vila Real vai receber Acampamento Nacional de Paralisia Cerebral

A Associação de Paralisia Cerebral de Vila Real (APCVR) irá organizar um evento nacional, direcionado a jovens e adultos com paralisia cerebral derivada de doenças neurológicas e afins, entre os dias 4 e 10 de setembro. 

A APCVR, em conjunto com as entidades nacionais, visa oferecer aos jovens de todo o país uma semana de actividades, em que se destaca a aventura, animação, lazer e um programa cultural, proporcionando uma semana de férias adaptadas e inclusivas em Trás-os-Montes.

Horácio Medeiros, presidente da comissão organizadora, considera este evento de grande importância para a instituição e para a região, enaltecendo o convite dirigido pela FAPPC – Federação Nacional das Associações de Paralisia Cerebral. “É uma honra e uma enorme responsabilidade, acolher um evento nacional desta importância em Vila Real”, considerou.

Este acampamento nacional tem cofinanciamento pelo Programa de Financiamento a Projetos pelo INR, I.P. – Instituto Nacional de Reabilitação, realizado em parceria com a FAPPC – Federação Nacional de Associações de Paralisia Cerebral, e com o apoio do Município de Vila Real e NaturWaterPark. 

Trata-se de uma atividade de cariz solidário, a qual envolverá jovens e adultos com paralisia cerebral e doenças neurológicas e afins, instituições, amigos e famílias, contando para isso com a colaboração de todos, na minimização das barreiras ao turismo adaptado na região transmontana.

A APCVR, uma instituição de referência na deficiência motora, encara este desafio como um propulsor nos direitos da pessoa com deficiência e pretende sensibilizar toda a comunidade para a sua inclusão. 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.