Segunda-feira, 15 de Agosto de 2022

Vitivinicultores saíram à rua e criticaram medidas do Governo

Mais uma vez, a Associação de Viticultores Independentes do Douro, Avidouro, promoveu ontem, na Régua, uma jornada de luta contra as propostas do governo e da maioria para o “saneamento financeiro” e a revisão do Estatuto da Casa do Douro. A manifestação contou com a presença de centenas de lavradores que juntaram a sua voz aos dirigentes da Avidouro.

-PUB-

Depois de um primeiro round pouco conclusivo na discussão e votação – em Plenário da AR – da proposta de lei do governo sobre o “saneamento financeiro” e a alteração do Estatuto da Casa do Douro, as atenções viram-se agora para 10 de julho onde a mesma matéria vai ser outra vez alvo de debate parlamentar.

A Avidouro, depois de marcar presença nos corredores da AR onde vincou a sua discordância, prepara nova ofensiva para a mesma data em sinal de protesto contra o pacote regulamentar. Na manhã de quarta-feira, esta associação realizar uma manifestação de vitivinicultores, com duas concentrações iniciais: uma com veículos agrícolas na Rotunda de Tondela e, outra, com vitivinicultores em frente à Estação da CP e que depois acabaram por se quedar diante do edifício da Casa do Douro. “Foi uma manifestação contra as más propostas do governo e da maioria para o “saneamento financeiro” da Casa do Douro e a revisão do Estatuto desta instituição. Queremos ainda melhores Preços à Produção e mais Benefício. È bom lembrar que o património da nossa Casa do Douro é – e tem que continuar a ser – património da lavoura duriense”, disse Berta Santos, presidente da Avidouro.

Viticultores, oriundos de vários pontos da região Demarcada do Douro, também deixaram patente o seu descontentamento. “Vinhos desvalorizados, Casa do Douro sem rumo e pelos vistos para ser entregue a quem não conhecemos, não sabemos como isto vai acabar!”, contou ao Nosso Jornal, António Ferreira , agricultor de “sol a sol” e residente em S. João da Pesqueira.

Berta Santos não se conforma com a passagem da Casa do Douro para o setor privado. “As alterações do estatuto e a mudança de mãos do património é um roubo à região e aos nossos agricultores, e nós sabemos quem está por detrás disto. Os lavradores não se conformam com o facto da CD ir parar ao que se suspeita para as mãos da Confederação de Agricultores de Portugal, CAP. Afinal por onde andaram estes senhores? Como também contestamos os valores avançadas para o saneamento da Casa do Douro, porque as dívidas tem de ser apuradas corretamente e o processo não foi sério”. “Tal como a Avidouro já caracterizou, trata-se de um autêntico assalto à Casa do Douro e ao património da Lavoura Duriense – com destaque para o precioso e valioso “stock” de Vinhos do Porto – assalto que, a consumar-se, visa pôr a Casa do Douro e o seu património – que é património da Lavoura – ao serviço dos grandes interesses económicos a começar pelas casas exportadoras”.

De facto, a proposta para revisão do Estatuto da Casa do Douro também visa reduzir drasticamente o número dos vitivinicultores inscritos na Casa do Douro e promover o seu domínio – e o controlo do seu património – pelo “clube” dos maiores produtores-exportadores.

A dirigente que criticou os salários em atraso na CD e deixou no ar um aviso: “Isto foi apenas o principio, porque mais água vai correr debaixo das pontes”.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.