Segunda-feira, 29 de Novembro de 2021

Vitória difícil, mas justa

O jogo começou por ser muito tático e jogado a meio do terreno. Aos 11’, contrariedade para a turma da casa, com Hilário Duarte a sair lesionado, com Nuno Carvalho a entrar para o seu lugar. 

-PUB-

O primeiro lance de grande perigo surge perto da meia hora, com Bruno Sul a atirar ao poste, depois de um livre direto. O Vila Real começou a ter algum ascendente, mas pecava na hora do remate. Aos 38’, Kevin Brito cruza para a pequena área, com Francisco Pinto a levar o esférico a “beijar” a barra. Aos 43’, foi Geninho Pires a rematar ao lado, depois é a vez de Francisco Pinto não aproveitar uma boa situação. Na resposta, um dianteiro da Diogo Cão leva perigo às redes dos visitados. 

No início do segundo tempo, a Diogo Cão subiu de produção e, aos 49’, Guilherme Teixeira entra na área e remata forte, com João Oliveira

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.