Terça-feira, 7 de Dezembro de 2021

Zona industrial com o maior investimento para 2020

A ampliação da zona industrial de Carrazeda de Ansiães é o maior investimento previsto para 2020 neste município do distrito de Bragança, entre um total de mais de 14 milhões de euros programados, destacou hoje o autarca local.

-PUB-

 

João Gonçalves está em funções há dois anos e tem vindo a anunciar os novos 40 lotes na zona industrial como um dos investimentos mais relevantes para o concelho e que deverá começar a ser executivo no próximo ano.

Os planos para 2020 já foram aprovados em reunião de Câmara e da Assembleia Municipal, pela maioria social-democrata e com os votos da coligação Unidos Por Carrazeda, que questiona “a seriedade” destes planos, tendo em conta que o de 2019 já vai com 12 revisões.

“Estes planos é para inglês ver”, considerou, em declarações à Lusa, Frederico Meireles, vereador da oposição que classifica como “caricata” esta situação permitida por lei com “uma média de uma revisão por mês, em 2019”.

“Vamos fazer a 12.ª revisão ao plano provisional de 2019 que sofre um desvio de 4,5 milhões de euros, equivalente a mais 32% do que estava previsto”, concretizou.

O presidente da Câmara, João Gonçalves, admitiu à Lusa pelo menos uma revisão para 2020 se o município vir aprovada a candidatura de nove milhões de euros para a construção de uma nova barragem, que terá de ser integrada nas contas.

Já inscritos no orçamento para 2020 estão 2,5 milhões de euros destinados à primeira fase de ampliação da zona industrial, um dos objetivos apresentados pelo autarca social-democrata para o mandato que vai a meio.

Este valor incluiu a aquisição de terrenos orçada em 600 mil euros. O projeto contempla ainda uma segunda fase de ampliação posterior destina-se à disponibilização de mais 16 lotes, mas de uma tipologia diferente, de maiores dimensões.

O total do orçamento municipal para 2020 ultrapassa os 14 milhões de euros, com um acréscimo de 300 mil euros em relação a 2019, e contempla também várias obras em equipamentos e espaços públicos do concelho.

Há ainda dinheiro para a aquisição de uma nova viatura para continuar a dar transporte gratuito aos doentes oncológicos do concelho que têm de se deslocar ao Instituto Português de Oncologia do Porto, para apoios sociais a famílias desfavorecidas, bem como à natalidade.

Com uma “dívida controlada de 900 mil euros”, como refere o autarca, Carrazeda de Ansiães continua a praticar a taxa mais baixa de IMI (Imposto Municipal Sobre Imóveis), que pode ir de 0,3% a 0,5%, e a redistribuir pelos contribuintes do concelho os 5% da participação no IRS (Imposto sobre o Rendimento Singular) a que tem direito.

A oposição duvida dos valores inscritos no orçamento, nomeadamente relativamente à receita, e Frederico Meireles lembrou que “há dois anos consecutivos que a Direção Geral das Autarquias (DGAL) alerta que as receitas são virtuais, pois não se atinge o valor orçamentado”.

A oposição refere ainda que em dois anos de mandato a maioria social-democrata “duplicou os encargos com pessoal, que passaram de 1,7 milhões de euros, em 2017, para 3,3 milhões de euros, em 2019”.

“Isto amarra o município a uma despesa fixa preocupante, com menos margem para investimentos estruturantes”, considerou Frederico Meireles, líder da coligação Unidos por Carrazeda, um movimento independente que juntou descontentes do PSD, PS e CDS-PP, nas últimas eleições autárquicas.

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.