Sexta-feira, 24 de Setembro de 2021
© DR

Ana Margarida Guedes bate recorde nacional

O Ginásio Clube Vila Real esteve representado por cinco atletas

-PUB-

Ana Margarida Guedes, Ana Sofia Leite, Carolina Eira, Maria Pereira, Francisco Afonso e José Pedro Nunes – no Meeting Internacional do Porto, competição que contou com a participação de 265 atletas em representação de 40 clubes. O GCVR esteve em evidência, sendo de destacar a obtenção de um recorde nacional Sénior e Absoluto, quatro medalhas, 10 presenças em finais e seis recordes pessoais. A excelente prestação dos atletas vila-realenses colocaram o GCVR no 8º lugar do ranking por equipas com um total de 179 pontos e no 6º lugar do medalheiro da competição.

Ana Margarida Guedes foi mais uma vez um dos pontos altos da competição, desta feita com o destaque a ir para a vitória na prova de 50 metros Mariposa com o tempo de 26.58 que consiste no novo Recorde Nacional Sénior e Absoluto da prova. A nadadora do GCVR passa assim a ser a primeira portuguesa de sempre a baixar dos 27 segundos nesta prova, assinalando assim uma marca histórica que lhe valeu ainda o Recorde do Meeting que pertencia a Therese Alshammar, um dos ícones da natação mundial. Ana Guedes viria ainda a conquistar uma nova medalha ao ser segunda classificada nos 100 Mariposa com o tempo de 1.00.73. O GCVR conquistou mais duas medalhas nas provas de estafetas, começando por vencer a estafeta feminina de 4×50 metros Livres (constituída por Carolina Eira, Ana Sofia Leite, Maria Pereira e Ana Margarida Guedes) com o tempo de 1.52.04, conquistando ainda o 2º lugar na estafeta mista de 4×50 Estilos (Carolina Eira, Francisco Afonso, José Pedro Nunes e Ana Sofia Leite) com o tempo de 1.58.30

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.