Terça-feira, 19 de Outubro de 2021

António Rodrigues realiza prova “fantástica” e reforça liderança do Open

O piloto transmontano e duriense António Rodrigues foi autor de mais uma fantástica prova no Rali Rota do Medronho, organizado pela Escuderia de Castelo Branco, nos Municípios de Proença-a-Nova e Oleiros e terceira prova da época do Campeonato Nacional OPEN de Ralis. Realizada com condições atmosféricas adversas, muita chuva e vento durante a manhã, dificultou a missão às cerca de 70 equipas participantes na prova. Essas mesmas dificuldades, fizeram logo algumas vítimas, com a desistência de algumas equipas, por toques e saídas de estrada, felizmente sem consequências físicas para os pilotos, sendo o caso mais notado, o abandono do segundo classificado no Campeonato, o piloto Luís Mota, em Mitsubischi Evo VI.

-PUB-

António Rodrigues/Jorge Carvalho, actuais líderes do Campeonato, não se livraram de problemas, pois a decisão de partirem para o rali com pneus intermédios não foi a mais acertada, uma vez que os troços estavam muito molhados e os mais indicados seriam pneus de chuva. Este facto aliado a um Setup do carro pouco adaptado para as condições dos pisos, dificultaram a vida ao piloto de Murça, que se viu ainda confrontado com um furo logo no primeiro troço e um pião no terceiro. Assim, viriam a acabar a etapa da manhã num modesto 9º lugar da classificação.

A provar o excelente trabalho desenvolvido na assistência pela equipa SFR Motorsport, responsável pelo carro do piloto transmontano, foi a espectacular recuperação protagonizada pela jovem equipa que já com pneus de chuva e outras afinações no carro, iniciaram a etapa da tarde com um forte ataque à liderança ganhando o 1º troço, recuperando desde logo muitos dos segundos perdidos durante a manhã e, nos três troços seguintes, conseguiram subir até ao 2º lugar, sendo apenas batidos pelo piloto Daniel Nunes, ao volante do Mitsubischi Evo VI, justo vencedor do Rali Rota do Medronho.

Com este honroso lugar, António Rodrigues/Jorge Carvalho reforçam a sua liderança no Campeonato Nacional OPEN de Ralis, agora com 20 pontos de vantagem, perfilando-se como uns sérios candidatos aos títulos: Absoluto e da Categoria.

”Foi um rali muito difícil, os pisos estavam muito escorregadios e traiçoeiros, não acertamos com a escolha de pneus, as afinações do carro também não eram as mais acertadas para as condições que encontramos, é como se costuma dizer: não curva, não trava, etc. Não foi fácil durante toda a manhã manter o carro na estrada. Com tudo isto, com um furo logo no 1º e ainda com um pião no 3º troço, acabarmos a 1ª etapa em 9º até nem foi muito mau! Com o intervalo para o almoço, estávamos esperançados que os nossos técnicos da SFR Motorsport nos dessem uma ajuda na nossa missão de recuperarmos um pouco. Quando partimos para a 2ª etapa verificamos logo que o carro estava melhor, digo mesmo, muito melhor e fizemos o que nos competia: atacamos e com isso ganhamos logo o 1º troço da tarde, o carro parecia outro, dava-nos confiança, fizemos sempre 2ºs e 3ºs tempos e com isso foi- -nos possível alcançar o 2º lugar da geral. Além de ser um excelente prémio que dedico a todos os meus patrocinadores, dos quais destaco o Favaito, a Andromeda, o Turismo do Douro e o Município de Murça, este resultado permite-nos ainda reforçar a nossa liderança no Campeonato. Por último, o meu muito obrigado ao José Figueiredo da SFR Motorsport e ao Vicente”. Estas foram as afirmações de António Rodrigues sobre a sua prestação no Rali Rota do Medronho.

Mais uma vez, Vila Real esteve representado pelas equipas, André Martins/Ricardo Torres ao volante do Citroen Saxo 16V, tendo-se classificado na 28ª posição e ainda Ivan Carquejo/Valter Cardoso, no Peugeot 206 Gti do Desafio MODELSTAND, classificando-se na 18ª posição da geral e no 10º lugar do competitivo troféu da marca francesa.

 

Classificação final do Rali Rota do Medronho:

1º Daniel Nunes/Carlos Ramiro – Mitsubishi Lancer Evo VI – 1h01m,44s

2º SFR Motorsport/ A. Rodrigues/J. Carvalho – Citroen Saxo – 1h02m54s (1º Categoria 1)

3º Samir Sousa / Hugo Magalhães – Nissan GTI R 4×4 – 1h03m06s

4º Renato Pita/Marco Macedo – Mitsubishi Lancer Evo VI – 1h03m,41s

5º Daniel Ribeiro/Paulo Silva – Peugeot 206 Gti – 1h03m51s

6º SFR Motorsport /Gil Antunes/Ricardo Domingos – Peugeot 206 Gti – 1h05m00

 

Campeonato Nacional OPEN de Ralis (ABSOLUTO)

1º SFR Motorsport / António Rodrigues (Citroen Saxo) – 60 pontos,

2º Daniel Nunes – (Mitsubischi) – 40 pts,

3º Renato Pita – (Mitsubischi) – 37 pts,

4º Luís Mota – (Mitsubischi) – 28 pts,

5º Aníbal Rolo – (Mitsubischi) – 28 pts, (…)

 

Campeonato Nacional OPEN de Ralis (Categoria 1)

1º SFR Motorsport / António Rodrigues Citroen Saxo 9 pontos

2º SFR Motorsport / Gil Antunes (Peugeot 206) 4 pts,

3º André Martins (Citroen Saxo) 3 pts,

4º Sérgio Arteiro (Peugeot 206) 3 pts.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.