Sábado, 20 de Julho de 2024
No menu items!




Atropelou cinco pessoas mas “não tinha intenção de magoar ninguém”

Artur Pinto, de 20 anos, começou, na segunda-feira (17), a ser julgado no Tribunal de Vila Real por cinco homicídios na forma tentada, ocorridos na madrugada de 5 de novembro de 2022. O arguido não quis prestar declarações em tribunal, mas foi ouvida a gravação do seu primeiro interrogatório.

-PUB-

O crime ocorreu na zona do bar “B Club”, em Vila Real, quando várias pessoas estariam aglomeradas perto das imediações do estabelecimento, depois de ter havido alguns confrontos ainda dentro do bar. O Ministério Público acredita que o que terá motivado esta altercação foram comentários e comportamentos racistas entre um grupo africano e outro de etnia cigana, ao qual Artur alegadamente pertencia, mas o réu negou, acrescentando que “nunca fui racista, trato toda a gente por igual”.

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS

Mais lidas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS