Sábado, 19 de Junho de 2021

Autarquia aposta no “NOPAPER”

É uma plataforma inovadora e vai permitir a submissão de processos por via online, sem que seja necessária a deslocação aos serviços municipais.

-PUB-

A câmara municipal de Montalegre criou uma aplicação que vai permitir aos munícipes apresentarem e submeterem processos completos de urbanismo através da página da internet do município, sem terem que se deslocar aos serviços municipais.

A aplicação chama-se NOPAPER – Submissão Online de Processos de Urbanismo, é inovadora e vai ainda permitir o pagamento das próprias taxas associadas aos projetos. 

Montalegre é, assim, o primeiro município a avançar com um projeto desta complexidade, com uma plataforma que “é a junção de vários serviços online, desde o atendimento até aos diferentes gabinetes de gestão da área do urbanismo”, tal como explicou Luís Fidalgo, do gabinete de informática da autarquia montalegrense, no dia em que a plataforma foi apresentada. 

“Permite à pessoa que submeteu o processo consultá-lo sempre que assim o entender. Com o tempo vamos progredindo. São processos complexos que exigem a intervenção de todos os gabinetes e técnicos”.

A NOPAPER é, segundo Orlando Alves, “o seguimento de um trabalho de aperfeiçoamento interno que temos vindo a fazer desde 2014 e que se traduz numa grande economia de papel. Desta forma estamos a revelar uma posição de grande respeito pela proteção ambiental, nomeadamente pelas árvores de onde é extraído o papel”. 

O presidente da câmara municipal saudou os técnicos que estiveram envolvidos na criação da plataforma que coloca Montalegre “no topo deste avanço nas autarquias de todo o país”. “Uma imagem de qualidade e vanguardismo da autarquia para agarrar o futuro que é digital”.

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.