Sexta-feira, 16 de Abril de 2021

Balcões da Caixa Agrícola ficam abertos alguns dias da semana

As populações de Salto (Montalegre) e da união de freguesias da Madalena e Samaiões (Chaves) manifestaram-se na semana passada contra o encerramento de balcões da agência bancária Crédito Agrícola. 

Apesar da chuva intensa, junto ao balcão de Salto, dezenas de pessoas mostraram o seu descontentamento com a direção do banco, sentindo-se mesmo revoltadas com esta decisão, uma vez que aquela dependência bancária serve sobretudo uma população envelhecida, que tem maiores dificuldades em se deslocar e a utilizar as novas tecnologias.  

As alternativas para os clientes ficam a mais de 20 quilómetros. O mais próximo é o balcão de Cabeceiras de Basto que fica a cerca de 20 quilómetros, Boticas a 33 quilómetros, enquanto Montalegre fica a 37 quilómetros.

Entretanto, o presidente da câmara de Montalegre, Orlando Alves, confirmou à VTM que a agência de Salto irá manter-se aberta, mas apenas três dias por semana. “Reuni

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.