Quinta-feira, 29 de Julho de 2021

Bombeiros de Izeda voltam a prestar socorro à população

Os bombeiros de Izeda voltaram hoje a prestar socorro à população depois de quase duas semanas inoperacionais e o quartel fechado devido a um surto de Covid-19 na vila do concelho de Bragança.

-PUB-

Apesar de alguns elementos permanecerem de quarentena, o número de operacionais já é suficiente para retomarem a atividade desde as 08:00 desta segunda-feira, como anunciou à população o comandante dos bombeiros, Óscar Esménio.

O comandante é um dos nove bombeiros que testaram positivo ao novo coronavírus entre os 38 elementos da corporação, a maioria dos quais tiveram de cumprir quarentena por contactarem com os infetados.

Numa publicação nas redes sociais, o comandante informa que a partir de hoje, o corpo de bombeiros retoma a operacionalidade depois de as instalações do quartel terem sido “devidamente higienizadas e desinfetadas”.

Embora alguns bombeiros se mantenham em isolamento, aqueles que estão aptos são suficientes para garantir o socorro a esta zona do sul do concelho de Bragança, que nos últimos dias foi assistida pelas corporações vizinhas de Bragança, Macedo de Cavaleiros e Vimioso.

Os bombeiros de Izeda têm também um bar nas instalações que ajuda a financiar as atividades e que é frequentado pela comunidade, que só deverá reabrir “previsivelmente no fim de semana de 08 de agosto”, de acordo com o comandante.

Na origem do surto na vila de Izeda terá estado um emigrante em Espanha que visitou a localidade.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.