Sábado, 4 de Dezembro de 2021

“Bragança é, sem dúvida, um distrito seguro”

Foi numa entrevista descontraída que José Carlos Neto falou, abertamente, sobre o seu percurso na polícia e dos objetivos que tem para o distrito de Bragança no âmbito da segurança.

Veja a entrevista AQUI

-PUB-

O superintendente José Carlos Neto, de 51 anos, é comandante da Polícia de Segurança Pública (PSP) de Bragança desde fevereiro de 2019. Aquando da tomada de posse assumiu, como prioridade, a realização de um diagnóstico sobre a criminalidade no distrito. Hoje diz, com toda a confiança, que Bragança “é um distrito seguro”.

“O crime em Trás-os-Montes não é muito prevalente, temos resultados muitos bons” indicou o comandante, explicando que “de 2018 para 2019 assistimos a um aumento da criminalidade violenta, é certo, mas isso quer dizer que passou de dois para quatro roubos”. Relativamente à criminalidade geral, e de acordo com dados disponibilizados pela PSP, assistiu-se a uma redução de 952 para 854 ocorrências.

José Carlos Neto realça,

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.