Quarta-feira, 5 de Outubro de 2022

Campanha “Viajar sem pressa”com 16 mortes

Dezasseis pessoas morreram e mais de mil ficaram feridas durante a campanha "Viajar sem pressa", que terminou na terça-feira. Quase 20 mil veículos foram "apanhados" em excesso de velocidade.

-PUB-

Num balanço da campanha, que decorreu entre 16 e 23 de agosto e envolveu a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), a GNR e a PSP, as autoridades revelam que foram fiscalizados por radar cerca de 3,3 milhões de veículos.

Foram registados 2.849 acidentes com vítimas, dos quais resultaram 16 mortos, 70 feridos graves e 939 feridos leves.

Relativamente ao período homólogo de 2021, verificaram-se mais oito acidentes, menos duas vítimas mortais, mais sete feridos graves e menos 13 feridos leves.

A campanha pretendeu alertar para os riscos da condução em excesso de velocidade, uma das principais causas dos acidentes nas estradas.

No âmbito da campanha, foram sensibilizados 432 condutores e passageiros, a quem foram transmitidas mensagens como “A velocidade é a principal causa de um terço de todos os acidentes mortais” e “Numa viagem de 10km, viajar a 45 Km/hora ou a 50 km/hora permite ganhar apenas 1 minuto e 20 segundos. Viaje sem pressa”.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.