Sábado, 18 de Setembro de 2021
©DR

Caramulo foi a montanha do título para Joaquim Teixeira

O piloto da JT59 Racing Team/Bompiso juntou mais um título à sua vasta coleção, sagrando-se vencedor da Divisão Turismos 2 do Campeonato de Portugal de Montanha JC Group, ao triunfar na prova do Targa Clube, alcançando assim o pleno de vitórias nas seis provas já disputadas esta temporada.

-PUB-

Joaquim Teixeira não podia ter escrito um guião melhor para a época que tem conhecido este ano, prosseguindo a sua caminhada triunfal, numa Rampa do Caramulo que esteve longe de ser fácil, dada a instabilidade climatérica que marcou o fim de semana.

Mas aos comandos do Cupra TCR, o “demolidor de Trás-os-Montes” esteve irrepreensível, sabendo ‘ler’ muito bem todos os obstáculos que encontrou pelo caminho, levar de vencida a panóplia de adversários que lhe tentaram bater o pé e, prova após prova, juntamente com a equipa JT59 Racing Team/Bompiso, tomar as melhores opções no que toca a afinações e a utilização de pneus. Um desafio amplamente superado, que permitiu a renovação do cetro, ficando para a história, além de nova vitória nos Turismos 2, novo 2º posto na categoria e a 8º posição na geral.

“Na Divisão Turismos 2 foi mais um ano em que consegui a vitória. Tentei lutar também pela categoria de Turismos, mas não foi possível. O andamento não chega para o meu adversário, o Luís (Nunes), a quem endereço desde já os meus parabéns, porque foi um justo campeão. Fiquei em segundo”, começou por referir Joaquim Teixeira em jeito de balanço da sua época.

O piloto transmontano lembra também que nos últimos anos nunca saiu “do pódio absoluto (dos Turismos). Mudo de carro e ando lá sempre. E o meu objetivo, antes da época, era vencer a Divisão 2, o que consegui, também consegui entrar no pódio absoluto dos Turismos e entrar no top dez absoluto também foi alcançado. Por isso estou contente”.

Acrescentou que “a época correu bem, e embora falte mais uma prova, que em princípio irei fazer, até porque é Boticas, um dos meus principais patrocinadores. E acho que, acima de tudo, o campeonato está de parabéns”, considera Joaquim Teixeira.

Sobre a 30ª Rampa do Caramulo, o piloto da JT59 Racing Team/Bompiso classifica-a como “difícil, com 50 viaturas presentes”, num “campeonato com cada vez maior projeção”. E “pessoalmente considero que a minha equipa fez um excelente trabalho”, sublinhando que não aprecia “correr à chuva, e eles entregaram-me um carro espetacular, que me deixou admirado, pois permitiu-me fazer um quarto tempo absoluto nessas condições”.

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.