Quinta-feira, 30 de Novembro de 2023
No menu items!

Contabilistas com 25 anos de profissão homenageados pela Ordem

À semelhança do que aconteceu o ano passado, os contabilistas do distrito de Vila Real com 25 anos de profissão foram homenageados pela Ordem.

-PUB-

Perante uma sala cheia, a bastonária da Ordem dos Contabilistas, Paula Franco, admitiu ser “um gosto estarmos aqui para homenagear aqueles que dedicam o seu tempo à contabilidade, há 25 anos”.

“Os contabilistas certificados são uma peça fundamental para o tecido empresarial português, para o crescimento e sustentabilidade dos negócios”, afirma a responsável, acrescentando que “é isso que queremos homenagear hoje, o trabalho que têm desenvolvido ao longo destes anos”.

Questionada sobre os desafios da classe, Paulo Franco destaca as novas tecnologias, “tal como acontece com as empresas, e que exige uma reinvenção e adaptação diárias”.

O distrito de Vila Real tem entre quatro a cinco mil contabilistas. Nesta cerimónia foram homenageados 46, como é o caso de Ana Paula Cruz, de Murça, que recebeu a distinção no dia em que completou mais um ano de vida. “É uma honra muito grande ser homenageada neste dia, acabou por ser uma coincidência, que ficará para sempre marcada na minha memória”.

Desde pequena que “gosto de números”, pelo que seguir esta profissão foi “natural, mas, ao mesmo tempo, um desafio”. Para esta contabilista, “é uma profissão stressante, em que estamos sempre limitados com os prazos, num país em que as leis estão sempre a mudar”.
Ainda assim, “é um orgulho poder ajudar as pessoas e gosto muito daquilo que faço”.
Apesar dos desafios diários, António Dias, representante dos contabilistas do distrito, garante que “a classe tem tido um reconhecimento público” e diz “que temos bons profissionais”.

“Se há coisa que os contabilistas têm mostrado ao longo dos tempos é que esta é uma profissão resiliente e isso viu-se durante a pandemia. Nós não parámos, porque a economia não parou. Estamos sempre a trabalhar para a receita fiscal do país”, vinca.

E sendo docente universitário, confessa que “quando se pergunta aos alunos se vão ser contabilistas, a maioria diz que não, por não conhecerem, realmente, a importância desta profissão. O que acontece é que depois de experimentarem acabam por gostar e fazer o seu caminho”.

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.