Segunda-feira, 23 de Maio de 2022

Desafio “Insane Galaico” juntou participantes de todo o país

O Boticas Parque – Natureza e Biodiversidade (BNB) recebeu o desafio “INSANE Galaico”, organizado pela Associação SCORNIO, com o apoio da Associação Ambiental e Cultural Celtiberus (AACC) e do Município de Boticas

Enquadrada nas Death Races, esta prova baseia-se em técnicas de treinos especiais das tropas portuguesas como os comandos, paraquedistas e rangers, através de uma experiência extremamente difícil quer a nível físico, quer mental, que promove o espírito de superação e desenvolvimento pessoal.

Tendo como ponto de partida o BNB, os participantes, acompanhados por um mental coach e instrutores afetos aos quadros das forças especiais, percorreram mais de 80 quilómetros distribuídos pelas aldeias de Vilar, Campos, Viveiro, Bostofrio, Agrelos, Vilarinho Seco, Alturas do Barroso, Atilhó, Lavradas e Carvalhelhos, sendo surpreendidos com diversos obstáculos e atividades, incluindo tarefas direcionadas para a comunidade local, realizadas em ambientes adversos e, algumas delas, durante a noite.

Além da componente física e mental, a prova incluiu também seis horas de formação em áreas ligadas ao socorrismo e sobrevivência.

A maioria dos participantes eram oriundos das zonas de Lisboa e Leiria, contudo, é de realçar a participação de um botiquense, natural de Beça, que apesar das dificuldades conseguiu concluir o desafio.

A organização escolheu o concelho de Boticas pelas “suas particularidades, paisagens e também pelo espírito de comunitarismo ainda existente neste território, o único do país classificado como Património Agrícola Mundial”.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.