Sexta-feira, 20 de Maio de 2022

Dois detidos por caça ilegal em zona de habitação

Os dois homens, com idades compreendidas entre os 83 e os 87 anos, foram ontem detidos por caça ilegal junto a habitações e pela captura de uma espécie não cinegética

O Comando Territorial de Vila Real, através do Serviço da Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA), deteve ontem, no decorrer de uma ação de fiscalização, dois homens pelo crime de caça próxima a residências e espaço público e o abate de uma espécie não cinegética.

Os dois indivíduos, com 83 e 87 anos, encontravam-se entre as localidades de Poiares e Canelas, no concelho de Peso da Régua, “a caçar a menos de 250 metros de habitações”, como confirma o tenente-coronel Eduardo Lima.

“Um deles cometeu ainda a infração de ter caçado uma Rola Turca, uma espécie não cinegética”, acrescenta.

No decorrer da ação, foram apreendidas duas armas de fogo, 33 cartuchos, as cartas de licença de caça e a documentação das respetivas armas.

Os caçadores, moradores na região, foram constituídos em liberdade e aguardam julgamento para aplicação das respetivas medidas de coação.

“Serão notificados para comparecer em tribunal no dia de hoje, onde será realizado o julgamento sumário ou outro procedimento”, conclui o tenente-coronel Eduardo Lima.

A GNR relembra que a captura de espécies não cinegéticas, com recurso à utilização de meios e processos não autorizados, “incorre num crime contra a preservação da fauna e das espécies cinegéticas e a punição com pena de prisão pode ir até 6 meses ou com pena de multa até 100 dias”.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.