Segunda-feira, 4 de Julho de 2022

Duarte Costa e Hugo Spratley são n.ºs 4 e 6 do “ranking” nacional de Pares

A Federação Portuguesa de Ténis (FPT) divulgou, recentemente, a definitiva Classificação Nacional 2007, nas diferentes provas e escalões que constituem o extenso calendário luso. No escalonamento de Singulares Masculinos, os atletas da Secção de Ténis da AAUTAD que, na época transacta, denodadamente, representaram a Academia transmontana, surgem, de novo, bem posicionados: n.º 13, Hugo Spratley; […]

A Federação Portuguesa de Ténis (FPT) divulgou, recentemente, a definitiva Classificação Nacional 2007, nas diferentes provas e escalões que constituem o extenso calendário luso. No escalonamento de Singulares Masculinos, os atletas da Secção de Ténis da AAUTAD que, na época transacta, denodadamente, representaram a Academia transmontana, surgem, de novo, bem posicionados: n.º 13, Hugo Spratley; n.º 24, Duarte Costa; n.º 105, Alexandre Resende; n.º 119, Luís Faustino; n.º 130, Paulo Guerra; n.º 148, Amadeu Fernandes; n.º 191, “Xisco” Andrade; n.º 221, “Gui” Saraiva; n.º 245, Francisco Castro; n.º 311 (ex aequo) “Kiko” Gaspar e Rui Noronha; e n.º 355, Pedro Gaspar.

No que concerne à hierarquia do considerado (ainda e mal!) parente pobre da modalidade, os Pares Masculinos, o cenário é igualmente favorável à AAUTAD. O “Duo Dinâmico”, Duarte Costa e Hugo Spratley, ocupam a 4.ª e 6.ª posições, respectivamente. Ainda no “Top 35” surgem Alexandre Resende (10), Amadeu Fernandes (20), Luís Saraiva (22), Francisco Andrade e Paulo Guerra, ambos na 30.ª posição e, por fim, Rui Noronha, no 35.º lugar.

A Associação Académica da UTAD continua a marcar posição e a “teimar” em aparecer no mapa desportivo nacional, efectuando mais de 80 inscrições em torneios do calendário FPT, de Vila Real… de Santo António a Chaves (!), incluindo o Campeonato Nacional Absoluto e de Equipas, e outras provas, com mais de 5000€ em “prize money”, demonstrando bem a verdadeira paixão pela modalidade e o seu empenho na mesma.

 

Início da nova época

 

É já hoje e amanhã que a Secção de Ténis da AAUTAD vai iniciar a nova época, com a participação no 1.º “Open” da Federação Académica do Desporto Universitário (FADU), nos “courts” do Estádio Universitário de Coimbra.

Nesta prova, os estudantes vão procurar manter a tradição e obter bons resultados, como o fizeram em épocas anteriores os atletas Henrique Vaz, Amadeu Fernandes e Luís Faustino que conseguiram posicionar-se no almejado pódio universitário.

Assim, a comitiva transmontana vai apresentar os seus argumentos, com mais 50 universitários, oriundos de norte a sul de Portugal.

Nesta competição universitária, apuram-se, para o CNU (Campeonato Nacional Universitário – Fase Final), os 16 atletas mais bem classificados do conjunto de 3 “Opens” disputados ao longo do ano.

Últimos CNU:

2000 – Leiria, 4.º lugar: Pedro Faustino

2001 – Covilhã, 2.º lugar: Henrique Vaz

2003 – Caldas da Rainha, 3.º lugar: Amadeu Fernandes

2004 – Barcelos, 3.º lugar: Luís Faustino.

2005 – Guarda, 2.º lugar: Luís Faustino e 4.º Duarte Costa

 

rodin@portugalmail.pt

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.