Segunda-feira, 16 de Maio de 2022

Empate não agradou a ninguém

SANJOANENSE, 0 | MONTALEGRE, 0

O Montalegre controlou o jogo até aos 79 minutos. Com mais um em campo, a Sanjoanense tentou chegar ao golo já no fim. Os transmontanos continuam a pecar na finalização.

Entrou bem no jogo a equipa forasteira. Com bom controlo da bola, o Montalegre mostrou estar num bom momento. A Sanjoanense mostrou enorme apatia e grandes dificuldades na manobra ofensiva. Durante os primeiros 45 minutos, a equipa da casa não teve uma única oportunidade de golo. Os barrosões puderam ter marcado por duas vezes. Primeiro, André Martins obriga Gabriel Souza a defesa apertada para canto. Depois, aos 32’, Angola ameaça com cabeceamento perigoso.

Na etapa complementar, houve alguma melhoria do conjunto da casa. Todavia, a primeira oportunidade clara de golo pertence à equipa transmontana. Ouattara assiste na perfeição Joãozinho, que acaba por disparar por cima do alvo. Ouattara recebe ordem de expulsão, depois de acumular dois amarelos. Com mais um em campo, a Sanjoanense ganhou novo alento e chega com perigo – pela primeira vez – à baliza do Montalegre num disparo de Didi, aos 79 minutos. Aumentava a pressão dos locais e Jorge Pereira, o melhor em campo, obriga Didi a grande intervenção, na defesa da tarde.

Já no período de compensação, Edgar cabeceia ao lado. Ao cair do pano e de livre direto, Bruninho atira à barra transmontana. O empate é curto para as ambições dos dois emblemas. A equipa de arbitragem realizou um excelente trabalho.

José Manuel Viage fala do resultado “possível”. “O Montalegre teve o controlo e domínio do jogo até ao minuto 80. Na primeira parte muito bem, muito superior à Sanjoanense, com situações de golo claras. A partir da expulsão, a equipa retraiu-se um pouco, tivemos de sofrer, mas foi nessa fase que tivemos três transições em que podíamos ter feito golo. A equipa está bem, não é a mesma equipa que jogou na primeira volta contra a Sanjoanense. Temos que aproveitar muito mais aquilo que produzimos”.


FICHA DE JOGO

SANJOANENSE, 0 | MONTALEGRE, 0

Jogo do Estádio Conde Dias Garcia, em São João da Madeira
Árbitro: Fábio Silva (AF Braga)
Auxiliares: João Silva e Luís Fernandes
4º árbitro: Rúben Martins

SANJOANENSE: Gabriel Souza, Aldair, Edgar©, Danrlei, Luís Ká, Jorge Pereira (Bruninho 82’), Vítor Braga (Ousmane 64’), Rúben Alves, Pedro Pinho (Paço 71’), Didi (Lucão 71’), Rui Pedro
Treinador: Tiago Montinho

MONTALEGRE: Dido, Zack, Luan, Bruno Morais, Ouattara, João Fernandes © (Vítor Pereira 89’), Rúben Neves (Manuel Cordeiro 76’), Joãozinho (Baba 76), Angola, Papalelé (Rohun 89’), André Martins (Miguel Ângelo 76’)
Treinador: José Manuel Viage

Cartões amarelos: Rui Pedro (41’), Edgar (48’), Ouattara (56’ e 68’), Pedro Pinho (71’), Danrlei (73’), Rúben Neves (74’) e Angola (94’)
Cartão vermelho: Ouattara (68’, ac.)

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.