Quinta-feira, 30 de Junho de 2022

Estudantes vão receber bolsas de mobilidade Luso-Brasileiras

Na sequência da assinatura de um Convénio entre o Grupo Santander, o Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas (CRUP) e instituições congéneres do Brasil, foi criado o Programa de Bolsas Luso-Brasileiras Santander Universidades. Este Programa tem como objectivo primordial contribuir para a mobilidade internacional dos estudantes do ensino superior como factor essencial para a sua […]

Na sequência da assinatura de um Convénio entre o Grupo Santander, o Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas (CRUP) e instituições congéneres do Brasil, foi criado o Programa de Bolsas Luso-Brasileiras Santander Universidades.

Este Programa tem como objectivo primordial contribuir para a mobilidade internacional dos estudantes do ensino superior como factor essencial para a sua formação, constituindo-se aquele como prioritário na internacionalização das universidades. As bolsas são uma forma de apoio para estudos de licenciatura em instituições de Ensino Superior beneficiárias do convénio.

No âmbito deste programa a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) foi contemplada com oito bolsas de mobilidade. Estas bolsas são semestrais e totalmente suportadas pelo Banco Santander Totta, decorrendo o período de selecção entre 10 de Abril e 20 de Maio próximo.

É de referir que tais bolsas restringem-se aos membros do convénio, que, em Portugal, são as Universidades que integram o CRUP e, no Brasil, são: Universidade de São Paulo, Universidade de Campinas, Universidade Nacional do Estado de São Paulo, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Universidade Federal de Piavi, Universidade Federal de Alagoas, Universidade Federal de Paraiba, Universidade Federal de Pernambuco, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Universidade Federal do Rio Grande, Universidade Federal de Pelotas, Universidade Federal de Santa Catarina, Universidade Federal de Santa Maria, Universidade Federal de Mato Grosso, Universidade Federal de Brasília e a Universidade Federal de São Carlos.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.