Quarta-feira, 4 de Agosto de 2021

Feiras nos municípios da CIM Douro com permissão para abrir

Os 19 municípios da Comunidade Intermunicipal do Douro aprovaram a abertura de todas as feiras na região.

-PUB-

A decisão foi unânime e surge na sequência da resolução do Conselho de Ministros de 17 de maio, que estabeleceu o gradual levantamento de restrições para várias atividades económicas, incluindo as feiras que decorrem em todos os concelhos da área geográfica da CIMDOURO. Agora, e respeitando planos de contingência específicos que serão apresentados pelos municípios, as feiras serão retomadas nos próximos dias.

Os planos de contingência, que estão a ser preparados no sentido de criar condições de segurança que permitam a realização das feiras dentro dos requisitos estabelecidos pelas autoridades de saúde competentes, contemplam regras específicas que visam proteger feirantes e clientes e garantir que não surgem novos casos de COVID-19 na região.

A operacionalização do regresso das feiras e mercados irá assim ser efetuada município a município, com a adaptação dos planos de contingência às circunstâncias específicas de cada um dos espaços e da respetiva procura estimada, podendo deste modo existir a possibilidade de algumas feiras começarem a operar já nos próximos dias e outras em que tal apenas venha a ser viável no mês de junho.

Recorde-se que a limitação à realização das feiras começou no dia 11 de março, aquando da declaração da pandemia provocada pela COVID-19. E que os municípios da CIMDOURO, também de forma coordenada, resolveram responder de forma coordenada, promovendo o impedimento das mesmas, numa medida que visou conter a propagação do vírus, controlar a pandemia e garantir a segurança das populações.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.