Segunda-feira, 5 de Dezembro de 2022
No menu items!
0,00 EUR

Nenhum produto no carrinho.

Freguesia de Vila Real disponibiliza 16 mil euros para projetos de cidadania

Está de volta o Orçamento Participativo da Freguesia de Vila Real que, desde 2015, coloca uma verba à disposição dos cidadãos para implementarem projetos em favor da população.

PUB

Até 15 de outubro, pessoas singulares ou associações têm a oportunidade de candidatar os seus projetos em www.freguesiadevilareal.pt para serem posteriormente colocados à votação por todos os eleitores da freguesia. Os projetos mais votados terão à sua disposição 8 mil euros cada para serem executados ao longo de 2023.

Francisco Rocha, presidente da Junta de Freguesia, realça que “o Orçamento Participativo é uma ferramenta fundamental para aproximar o poder local aos seus cidadãos, fazendo com que tenham um papel mais ativo na resolução de problemas que influenciam diretamente a vida das populações”.

Em edições anteriores o “Orçamento Participativo” financiou projetos de apoio à atividade física de pessoas com cancro, ao melhoramento das condições de circulação para pessoas com mobilidade reduzida e à recolha e tratamento de animais de rua. Para Francisco Rocha, “a diversidade de projetos que são apresentados anualmente é o espelho de uma freguesia dinâmica, a fervilhar de ideias, e a afirmação da importância desta iniciativa que foi pioneira no distrito de Vila Real. É por isso que gostamos de nos afirmar como um motor de cidadania”.

Embora não sejam contemplados com apoio financeiro, os projetos menos votados não deixam de ter interesse. Para o presidente da Junta de Freguesia, “todos os projetos são importantes, porque todos pretendem melhorar aspetos muito específicos da vida da nossa comunidade. Por isso, ainda que não sejam premiados, conseguem sempre o objetivo de dar visibilidade a assuntos que passam despercebidos à maior parte das pessoas. Com o Orçamento Participativo todos ganham”.

PUB

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.