Terça-feira, 30 de Novembro de 2021
© DR

GCVR com jornada dupla

Vila Pouca de Aguiar recebeu o Torneio Juvenil do Norte

-PUB-

O Torneio apenas permitia a participação de atletas Iniciados e Juvenis, sendo que, para efeitos de classificação, apenas era considerado um só escalão, por cada sexo – Juvenil. Essa particularidade obrigava a que alguns atletas, mais novos, tivessem que dar tudo para tentar obter marcas de referência e conseguir boas classificações/apuramentos.

Esta prova, organizada pela Associação de Atletismo de Vila Real – AAVR, contou, mais uma vez, com a participação da equipa do Ginásio Clube de Vila Real, em que estiveram presentes equipas com muita tradição no atletismo, na zona norte, tais como SC e Salgueiros, Lavra, Vitória SC, SC Braga, Boavista FC, além dos clubes da AAVR.

Foram três os atletas que participaram Bianca Ferreira – Iniciada, Carolina Neto – juvenil e o Flávio Félix – juvenil. A Bianca conseguiu ser a 19ª, em 37 participantes nos 100m e a 18ª em 39 participantes no salto em comprimento, melhorando a sua marca pessoal e conseguindo 4,15metros. A Carolina, especialista e recordista da AAVR, no seu escalão, em marcha, aproveitou para experimentar os 800 metros, tendo conseguido a marca dos 03:13:19. O Flávio conseguiu ser 5º no salto em altura e obteve a medalha de 3º classificado na final dos 100 metros, após ter sido qualificado, ao vencer a sua série, conseguindo nesta prova o seu recorde pessoal de 12:26.

No torneio de Lousada, os atletas Bianca Ferreira e Flávio Félix representaram, quer o clube, quer a associação e conseguiram ambos o 7º lugar. A Bianca participou nas provas de 80MB, Salto em Comprimento e Lançamento de Peso, tendo o Flávio participado nos 100m, Salto em Comprimento e Lançamento de Peso.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.