Segunda-feira, 26 de Julho de 2021

Identificado suspeito de atear fogo em Montalegre

A GNR identificou um homem, de 55 anos, suspeito de ter ateado um incêndio florestal, alegadamente provocado por uma máquina utilizada em trabalhos de construção.

-PUB-

O incêndio deflagrou na tarde de ontem em Vilar de Perdizes e queimou uma área considerável de pinheiros, castanheiros e mato.

O Comando Territorial de Vila Real disse, em comunicado, que foi, entretanto,  identificado um homem, de 55 anos, que se encontrava a “efetuar trabalhos de construção, com uso de uma rebarbadora, que terá provocado o incêndio”.

A Guarda explicou que, depois de ter sido dado o alerta, os militares deslocaram-se ao ponto de início do incêndio para apurar as possíveis causas, tendo localizado o suspeito que "informou do sucedido".

Os factos foram remetidos para o Tribunal Judicial de Montalegre.

O combate às chamas mobilizou cerca de 200 operacionais, 54 viaturas e seis meios aéreos.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.