Quarta-feira, 4 de Agosto de 2021

Inaugurado Miradouro da Torre de Santa Cristina

Foi inaugurada a obra de reabilitação do edifício da Torre de Santa Cristina, no centro histórico de Mesão Frio, num investimento de cerca de 176 mil euros.

-PUB-

A obra permitiu reabilitar o espaço e ampliar a edificação em altura, além do melhoramento do acesso à torre. A intervenção criou novos pisos interiores, recriando a originalidade daquele que outrora foi o edifício mais alto da vila, escadas interiores, lajes de pavimento, guardas e revestimento em ferro, o melhoramento do acesso e a circulação de pessoas no topo do edifício.

Foi também reformulado o piso térreo, arranjos exteriores e pinturas, bem como a restauração dos vitrais existentes de acordo com a sua essência.

Segundo a autarquia, a reabilitação deste espaço “é uma mais-valia e um ponto de atração turística para o concelho”.

O miradouro urbano já está aberto ao público.

A cerimónia foi presidida pela secretária de Estado da Valorização do Interior, Isabel Ferreira, e contou com a presença do presidente da Câmara Municipal, Alberto Pereira, do presidente da Assembleia Municipal, Carlos Silva e do deputado à Assembleia da República, Francisco Rocha.

O programa finalizou com um conjunto de visitas a algumas obras em curso na vila de Mesão Frio: Avenida Nova, Estádio Municipal, Expansão da Zona Industrial e Miradouro do Imaginário, na presença da Secretária de Estado da Valorização do Interior, Isabel Ferreira, do Deputado à Assembleia da República, Francisco Rocha, bem como, dos representantes máximos das entidades concelhias e regionais convidadas.

Para a reabilitação do edifício da Torre de Santa Cristina foi aprovada uma candidatura ao Programa Operacional Regional do Norte, com o investimento inicial total de 176.030,00 euros, sendo comparticipada pelo FEDER em 149.625,50 euros, correspondente a uma taxa de cofinanciamento comunitário de 85%.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.